Como o RH pode ajudar colaboradores com ansiedade no trabalho?

A ansiedade no trabalho está ligada a uma preocupação excessiva sobre as responsabilidades profissionais. Dessa maneira, os seus colaboradores podem sofrer de sintomas de ansiedade desencadeados por sobrecarga de trabalho, dificuldades em ter um diálogo aberto com os superiores ou o RH, preocupações exaustivas sobre prazos e metas, além de outros fatores.

Dessa forma, os sintomas ansiosos prejudicam o bom desempenho por parte dos colaboradores, reduzindo assim a produtividade da empresa. Tarefas simples do cotidiano podem se tornar difíceis de realizar por parte de pessoas com sintomas de ansiedade.

Nesse cenário, o RH, juntamente com os líderes da empresa, precisa implementar ações para diminuir e erradicar o impacto de sintomas de ansiedade nos colaboradores.

Antes de mais nada, sua empresa deve ficar responsável por evitar a fadiga, tanto mental quanto física dos seus colaboradores, além de evitar a exaustão mental também. Isso faz uma diferença enorme na hora de minimizar os sintomas da ansiedade.

Para entender quais são os fatores que estão ocasionando em ansiedade para os colaboradores, é necessário aplicar uma pesquisa de clima organizacional e satisfação por parte do RH. Apenas dessa maneira será possível identificar e corrigir os problemas em sua empresa que estão causando ansiedade nos colaboradores.

No entanto, é preciso que o RH esteja aberto ao diálogo e às respostas sinceras por parte dos colaboradores. Isso envolve ações para incentivar os funcionários a falar sobre saúde mental e bem-estar dentro da organização, para apontar motivos que causam ansiedade.

Depois de identificar os causadores de ansiedade dentro do ambiente corporativo, há medidas que o RH pode tomar para amenizar e eliminar todas as causas. Dessa forma, os colaboradores ficarão menos ansiosos e se sentirão mais reconhecidos. Isso causa um impacto positivo na produtividade da empresa.

1. Entenda as equipes dos diferentes setores

Pode ser que um setor da empresa tenha mais colaboradores ansiosos do que as demais áreas. Por isso é fundamental aplicar uma ou mais pesquisas de clima organizacional. Apenas dessa maneira será possível identificar quais setores da empresa estão mais propensos a ter funcionários ansiosos e os motivos.

Depois, é necessário criar ações por parte do RH para minimizar e eliminar tais causas de ansiedade nos colaboradores. Isso deve ser feito diretamente em cada setor, respeitando a particularidade das equipes.

2. O RH precisa estar aberto às queixas

Os colaboradores podem ter medo de demonstrar suas fraquezas perante o RH da empresa ou seus líderes. Por isso, tanto o RH quanto os superiores precisam deixar claro que estão disponíveis e abertos para ouvir queixas sobre sintomas de ansiedade e outras doenças relacionadas ao âmbito profissional.

Apenas dessa forma, os funcionários irão responder sinceramente às perguntas das pesquisas sobre o clima organizacional e se sentirão acolhidos caso seja necessário falar com o RH sobre alguma questão que esteja ocasionando em crises de ansiedade.  

3.     O RH precisa ter um canal para falar de saúde mental

Mesmo quando o RH e os líderes da empresa se mostram abertos para falar sobre a saúde mental dos colaboradores, pode ser desafiador por parte dos funcionários encarar o medo do preconceito e até medo de demissão.

Por isso, tenha um canal aberto no RH só para tratar de tais questões. Pode ser um e-mail único, um psicólogo contratado ou até uma caixa anônima de queixas.

4.     Ofereça conteúdo sobre a promoção de saúde mental

A educação e a orientação sobre saúde mental no trabalho é a melhor forma de contornar possíveis preconceitos por parte dos colaboradores de falar a respeito de seus sintomas ansiosos. Por isso, o RH pode apostar em palestras, treinamentos e até e-mails com o intuito de educar os colaboradores a enfrentar e dialogar sobre problemas mentais no trabalho, como a ansiedade.  

5.     Ofereça sessões de terapia como benefício empresarial

A melhor forma de tratar a ansiedade é através de terapia. Em casos mais sérios, também pode ser necessário tratamento medicamentoso. No entanto, para prevenir e curar a ansiedade no ambiente corporativo, o RH pode oferecer benefícios como sessões de terapia gratuitas tratamento para hiperatividade.

Vale identificar quais são os profissionais que mais precisam de orientação médica especializada e orientá-los a começar um tratamento como benefício gratuito da empresa. Também é possível deixar os próprios profissionais buscarem por essa solução, através de diálogos sinceros com o RH. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.